NAYA - Noticias de Antropologia y Arqueologia EQUIPONAYA.COM.AR
Noticias de Antropología y Arqueología


Desde 1996 el Portal de Antropologia en español
 


Buscador
Eventos
Tarjetas Postales
Fondos de Escritorio
Enlaces

Temas
tesis de grado y postgrado TESIS
antropologia economica Antropología Economica
antropologia forense Antropologia Forense
antropologia medica Antropología Médica
antropologia visual Antropología Visual
articulos de arqueologia Arqueología
arqueologia submarina Arqueología Subacuática
arqueologia urbana Arqueología Urbana
Arte Rupestre
Cibercultura
Economía
Educación
Epistemología
Etnias
Etnohistoria
Forense
Gestión
Globalización
Identidad
Médica
Mitos y Leyendas
Momias
Museología
Patrimonio
Religión
Subacuática
Turismo
Urbana
Visual

Congresos Virtuales
1998 (ANT-ARQ)
2000 (ANT-ARQ)
2001 (Turismo)
2002 (ANT-ARQ)
2003 (Turismo)
2004 (ANT-ARQ)
congreso 2005 (Turismo)

Encuentros Turismo
2001 (Salta)
2002 (Jujuy.)
2003 (Bs As.)

 

NUEVO BIBLIOTECA EVENTOS UNIVERSIDAD MAPA Equipo NAyA CONTACTENOS
  INICIO > EVENTOS > IV SeminTUR Compartir en: recomendar

IV SeminTUR – Seminário de Pesquisa em Turismo do MERCOSUL


Universidade de Caxias do Sul – Mestrado em Turismo
Caxias do Sul, RS, Brasil – 7 e 8 de Julho de 2006
Turismo: Responsabilidade Social e Ambiental


Circular 01/06 - Chamada para submissão de trabalhos

Em sua quarta edição o Seminário de Pesquisa em Turismo do MERCOSUL visa reunir pesquisadores e pesquisadoras do Turismo e Hotelaria oriundos de diferentes áreas e de instituições brasileiras, latino-americanas e ibéricas, visando à socialização do conhecimento produzido na área a fim de contribuir para o amadurecimento do Turismo como campo interdisciplinar de conhecimento. 
Em suas edições anteriores o Seminário de Pesquisa em Turismo do MERCOSUL logrou transformar-se em um evento científico de referência, obtendo inclusive a classificação de evento Qualis-B no ranking da CAPES – Coordenadoria de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior do Ministério da Educação.
1)    Normas para submissão de trabalhos:

  1. 1.1 Os trabalhos          serão submetidos via e-mail diretamente aos/às respectivos/as coordenadores/as conforme Relação de Grupos de Trabalho no anexo I, obedecendo ao formato (template ) conforme anexo II. Os trabalhos que não estiverem adequados ao formato, inclusive o cabeçalho, não serão avaliados. A coordenação científica do evento não receberá propostas de trabalhos.
  2. 1.2 Poderão submeter trabalhos pesquisadores/as autores/as ou co-autores/as que estejam, no mínimo, cursando mestrado em quaisquer programas e/ou áreas, desde que os trabalhos versem sobre as temáticas propostas nos GTs.
  3. 1.3 Cada autor(a) e co-autor(a) poderão inscrever-se em apenas um GT com, no máximo, 02 (dois) trabalhos. Neste caso cada autor/a será o/a expositor/a de 01 (hum) trabalho
  4. 1.4       Serão aprovados um máximo de 14 (quatorze) trabalhos por GT visando duas sessões um máximo de 07 (sete) trabalhos por sessão.
  5. 1.5 Quaisquer dúvidas             referentes à parte científica do evento podem ser encaminhadas para a coordenação científica a/c Prof. Dr. Rafael José dos Santos < rafael@cipnet.com.br >.

2) Cronograma:

  1. •          23/02 a 31/03/2006 – Período para submissão dos trabalhos aos/as coordenadores/as de GTs (conforme item 3).
  2. •          10/04/2006 – Prazo para os/as coordenadores/as de GTs enviarem à coordenação científica, por meio eletrônico, as íntegras dos trabalhos selecionados.
  3. •          11/04/2006 – Início da fase de pagamento e inscrição dos participantes (a ser divulgada em breve).
  4. •          13/04/2006 – Início da expedição das cartas de aceite.

3) Programação

 

Sexta-feira -07/07/2006

Sábado – 08/07/2006

Manhã

09:00 – abertura do credenciamento. 10:00 – Reuniões de Grupos de Pesquisa (Plataforma Lattes/CNPq).

09:00 às 12:00: 1ª sessão de GT’s

Tarde

14:00 – reunião da diretoria da ANPTUR 16:00 - Abertura de exposição de artesanato e dos estandes de livrarias e editoras.

14:00 às 17:00: 2ª sessão de GT’s

Noite

19:00 – Abertura do SeminTUR. Palestra: “Turismo: Responsabilidade Social e Ambiental”, com  Dr. Hugo Romero (Chile) 21:00 – Coquetel e lançamento de livros com autógrafos. 

Jantar de encerramento

ANEXO I
Relação de Grupos de Trabalho e respectivos(as) coordenadores(as): GT15


GT01

A Responsabilidade Social e Ambiental no ensino da Hotelaria Coordenadores: Prof. Ms. Celso Ramos de Oliveira

 

                             Prof. Ms. Júlio César Butuhy Prof. Ms. Mauro Motoda

 

                             (Centro Universitário Senac de São Paulo) E-mail: professorcelso@yahoo.com.br

 

Ementa: Discutir os instrumentos utilizados nas IES que possibilitem a

 

conscientização de um discente responsável, buscando orientar a realização da

 

atividade hoteleira sustentável, auxiliando e orientando os direitos e deveres do

 

turista e da comunidade. Assim, tomando como ponto de partida o fato de que a

 

utilização sustentada dos recursos naturais estar sendo apresentada como uma

 

das premissas para a estabilidade ambiental do planeta terra, este grupo visa

 

apresentar e discutir atividades de ensino e pesquisa que contemplem a

 

discussão da interação entre hotelaria e meio ambiente.

GT02

Abordagem histórico-crítica do turismo Coordenador: Prof. Ms. João dos Santos Filho

 

                         (Universidade Estadual de Maringá) E-mail: joaofilho@onda.com.br

 

Ementa: As diferentes leituras existentes no estudo do turismo recolocam um

 

outro entendimento sobre esse fenômeno, permitindo aprofundar a capacidade

 

de crítica e de visão de totalidade, demonstrando que os conceitos são produtos

 

do movimento da história. Nesse caso, estão presentes na composição de sua

 

historiografia patamares explicativos completamente opostos aos existentes,

 

abrindo um imenso leque para dúvidas, reflexões que irão permitir a sinalização

 

de uma outra dimensão na interpretação dos fatos no turismo. Capaz de auxiliar

 

o pensamento investigativo desse fenômeno cujas bases começam a ser

 

percebido na interdisciplinaridade com as outras ciências e na independência de

 

seu suporte teórico e metodológico já autônomo e de perfil próprio, assim o

 

discurso linear e acrítico começa a perder espaço na leitura desse fenômeno.

GT03

Gastronomía y desarrollo local Coordenadora: Profa. Dra. Regina Schlüter

 

(Universidad Nacional de Quilmes – Argentina)

 

E-mail: regina_schluter@yahoo.com Ementa: Desde la patrimonialización de la gastronomía el turismo se vale de ella para atraer flujos de turistas. Los denominados productos turísticos gastronómicos (PGT) deben cumplir con una serie de requisitos para servir a la comunidad receptora. Entre los temas a discutir se sugieren los siguientes: producción local, mercados de productos frescos, etc.; viabilidad de la culinaria casera; transmisión de conocimientos culinarios; derecho al placer y la diversidad; autenticidad y bienestar comunitario. 

 

 

GT04

O legado cultural como atrativo e a responsabilidade do turismo Coordenadora: Profa. Dra. Margarita Barretto

 

                           (Universidade de Caxias do Sul)

 

E-mail: barretto@floripaturbo.com.br

 

Ementa: O legado cultural, denominado genericamente “patrimônio” é

 

considerado um atrativo turístico e como tal explorado pela chamada “indústria

 

turística”. O GT propõe apresentar pesquisas que demonstrem

 

a) se está havendo ou não responsabilidade no manejo dos atrativos baseados

 

no legado cultural, no sentido de cuidar da sua preservação; 

 

b) se o patrimônio, seja este construído ou inmaterial se beneficia de alguma

 

forma do turismo e da presença dos turistas, para cumprir a sua verdadeira

 

missão, qual seja a de manter viva a memória social. 

GT05

Recursos Naturais e o Turismo

 

Coordenadora: Profa. Dra. Rosane Lanzer

 

                           (Universidade de Caxias do Sul) E-mail: rlanzer@ucs.br Ementa: Utilização dos recursos naturais pelo Turismo; seus impactos sobre o

 

meio ambiente natural e as possibilidades do desenvolvimento de atividades

 

que auxiliam a conservação da natureza.

GT06

Segurança e Riscos Turísticos como Responsabilidade Social e Coletiva Coordenadora: Profa. Dra. Yolanda Flores e Silva

 

                           (Universidade do Vale do Itajaí) E-mail: yolanda@univali.br

 

Ementa: Discutir e apresentar trabalhos teóricos e práticos sobre segurança e

 

riscos turísticos, considerando a necessidade de se elaborar propostas integradas

 

de estudos de riscos associados a programas de segurança, saúde e qualidade

 

dos espaços em que se promova o turismo, o lazer e a recreação cotidiana ou

 

esporádica. O grupo deverá refletir sobre ações responsáveis em que se

 

protejam as pessoas (visitantes, turistas, moradores), o ambiente edificado e o

 

ambiente natural, assim como toda a estrutura oferecida e vendida como parte

 

dos serviços turísticos. Neste sentido, falar sobre segurança e riscos turísticos

 

demanda discussões sobre:

 

•Os conceitos de segurança, riscos e prevenção;

 

•As interfaces do turismo com várias áreas do conhecimento;

 

•Os tipos de riscos que pode envolver aspectos relacionados diretamente

 

as pessoas, ao ambiente, as estruturas espaciais urbanas, ao clima,

 

problemas sociais, entre outras possibilidades;

 

•Impactos sociais, culturais, econômicos, ambientais relacionados com

 

os riscos turísticos e a falta de segurança;

 

•Riscos associados à viagem – aspectos específicos de saúde.

 

 

GT07

Turismo e construções simbólicas Coordenadores: Profa. Dra. Susana Gastal

 

                           (Universidade de Caxias do Sul/PUCRS)                              Prof. Dr. Rudimar Baldissera

 

                           (FEEVALE) E-mail: sgastal@terra.com.br

 

Ementa: O turismo como manifestação cultural, portanto simbólica. As

 

construções simbólicas pela/na comunicação turística. A pós-modernidade

 

como manifestação cultural do capitalismo globalizado e suas representações

 

simbólicas no turismo. O turismo, os imaginários, as identidades e as

 

construções e/ou fabricações de imagens-conceito. A construção simbólica das

 

identidades turísticas sob a globalização.

GT08

Meio Ambiente, Turismo e Educação

 

Coordenadora: Profa. Dra. Janine Gisèle Le Sann

 

                           (Centro Universitário UNA) E-mail: jlesann@hotmail.com

 

Ementa: Definir os conceitos  de Meio Ambiente, Turismo e Educação numa

 

perspectiva integradora, e discuti-los no âmbito do Mercosul. Analisar

 

exemplos de educação ambiental aplicados ao turismo, de iniciativa pública ou

 

privada, em escalas diversas de atuação. Levantar temas a ser pesquisados e

 

estabelecer prioridades. Promover a integração entre pesquisadores de regiões

 

ou países diferentes e, eventualmente, propor parcerias, visando à consolidação

 

da linha de pesquisa.

GT09

Espaço urbano e turismo de fronteira Coordenador: Prof. Dr. Antonio Carlos Castrogiovanni

 

                         (UFRGS/PUCRS)

 

E-mail: castroge@ig.com.br

 

Ementa: A cidade como espaço turístico. Especificidades do turismo na

 

cidade. A fronteira enquanto espaço simbólico. A fronteira enquanto espaço

 

turístico. A cidade enquanto fronteira.

GT10

Antropologia, turismo e responsabilidade social: sentidos e significados da diferença. 

 

Coordenadores: Prof. Dr. Euler David de Siqueira

 

(ICHL/UFJF)

 

                             Profa. Gabriela Campodonico

 

                             ( Universidad de la Republica, Uruguay) E-mail: euler.david@ufjf.edu.br

 

Ementa: A antropologia tem sua atenção voltada para o outro, para a

 

experiência advinda dos contatos da sociedade global com as sociedades

 

tradicionais. Com o advento do turismo, os processos interacionais entre a

 

sociedade do eu e o diferente se aceleram. Uma miríade de representações

 

sociais se formam, hoje em dia, em torno dos encontros e desencontros entre

 

visitantes e visitados e mesmo daqueles que ainda não viajaram mas que

 

dinamizam seus imaginários sobre as alteridades desconhecidas. A presente

 

proposta de GT busca relevar investigações que aprofundem olhares sobre as

 

implicações que a relação entre visitantes e visitados suscita às distintas

 

sociedades. Nesse sentido, tanto uns quanto os outros tem claramente

 

estabelecida a temática da responsabilidade social nos diversos terrenos, como

 

por exemplo, as responsabilidades de instituições públicas ou privadas nos

 

empreendimentos turísticos. Nesse sentido, as noções e categorias da

 

antropologia são produzidas para pensar e interpretar os fenômenos do campo

 

turístico. Assim, estudos que centram seus focos e análises nas noções de

 

cultura, imaginário, identidade e representações sociais, lançam uma nova luz

 

sobre as abordagens tradicionais tanto na explicação quanto na interpretação

 

dos eventos e fenômenos provocados pelo turismo.

GT11

Turismo e Gestão Organizacional Coordenadores: Prof. Dr. Carlos Honorato

 

                             (Universidade de Caxias do Sul)                              Prof. Dr. Carlos Ricardo Rossetto

 

                             (Universidade do Vale do Itajaí) E-mail: chonorato@terra.com.br Ementa: Estratégia e arquitetura organizacional de empresas direta e

 

indiretamente do setor "turismo" e temas ligados a gestão de "cluster" turístico.

 

Fazem parte dos temas propostos: a) desenvolvimento de produto; b) gestão de

 

serviço; c)finalidade; d)gestão de hospitalidade; e) indicador de desempenho

 

organizacional e setorial; f) gestão organizacional em turismo e hotelaria e

 

responsabilidade social.

GT12

Gestão Ambiental no Turismo e Hotelaria

 

Coordenadora: Profa. Dra. Suzana Maria de Conto

 

                           (Universidade de Caxias do Sul) E-mail: smcmande@ucs.br Ementa: Legislação Ambiental, Gerenciamento de resíduos sólidos no Turismo

 

e na Hotelaria, Ações ambientais em meios de hospedagem e empreendimentos

 

turísticos, Programas de sensibilização ambiental e Gestão ambiental no ensino

 

superior.

GT13

O Estudo do Enoturismo

 

Coordenadoras: Profa. Ms. Ivane Fávero

 

                             Profa. Ms. Janete Rotta Antunes

 

                             (Universidade de Caxias do Sul) E-mail: ivane.gdi@redesul.com.br

 

Ementa: Especificidades do enoturismo. O vinho na história da cultura da

 

humanidade. O enoturismo como produto turístico no mundo. Estudo das

 

motivações dos consumidores do enoturismo.

GT14

Epistemologia e pesquisa Coordenadoras: Profa. Dra. Ada Dencker

 

                            (Universidade Anhembi Morumbi)                              Profa. Dra. Marutschka Martini Moesch

 

                            (Universidade de Caxias do Sul/PUCRS) E-mail: adadencker@anhembi.br ou adadencker@osite.com.br Ementa: Estudo dos fundamentos teóricos, referenciais metodológicos e

 

metodologias de pesquisa proveniente dos campos interdisciplinares que focam

 

o fenômeno turístico e a hospitalidade visando a consolidação dessa

 

área de conhecimento.


Turismo Social
Coordenador: Prof. Ms. Claudio Alexandre de Souza
                         (FUNLEC/UNIGRAN)
E-mail: cas_tur@yahoo.com.br

Ementa: Trabalhos que versem sobre a temática de Turismo Social, discutindo os mesmos sobre o enfoque de efetivamente posibilitar uma prática e aplicação de ações de responsabilidade social e ambiental na atividade do turismo no Mercosul em suas mais diferentes vertentes através da socialização do turismo aos públicos abordados nestas discussões como os identificados pelo Bureau Internacional de Turismo Social – BITS, resultado de mais de 40 anos de pesquisas sobre este tema em diversos paises do mundo, onde puderam identificar como demandas prioritárias para efetiva socialização do turismo os seguintes públicos: jovens, idosos, pessoas com baixo poder aquisitivo e pessoas portadoras de necessidades especiais.


 

ANEXO II Modelo para submissão de trabalhos ao
IV SEMINÁRIO DE PESQUISA EM TURISMO DO MERCOSUL Turismo: Responsabilidade Social e Ambiental Caxias do Sul/ RS, 7 e 8 de julho de 2006
 (os trabalhos poderão ser escritos em português ou espanhol. Para facilitar e edição dos anais, por favor, insira também o cabeçalho)  
Inserir aqui o Título em fonte Times New Roman, em corpo 12, negrito, caixa alta e baixa (só iniciais maiúsculas), usando no máximo 200 toques, cerca de duas linhas (não usar sublinhado e usar itálico só para grafia de palavras estrangeiras); na primeira página, como primeira nota de pé de página, deverá ser indicado o grupo de trabalho ao qual o trabalho está sendo submetido. 
Exemplos: Trabalho apresentado ao GT “Turismo Social” do IV Seminário de Pesquisa em Turismo do MERCOSUL
– Caxias do Sul, 7 e 8 de julho de 2006.
Inserir aqui o(s) nome(s) do(a/s) Autor(a/es) em fonte Times New Roman, em corpo 12, redondo (normal);
Inserir também aqui o(s) nome(s) completo(s) da(s) instituição(ões) a que está(ão) vinculado(a/s) o(s) autor(es), como docente, pesquisador ou aluno, em fonte (tipo) Times New Roman, em corpo 12, redondo. 
A seguir ao(s) nome(s) dos autor(es), deve incluir-se, como segunda nota de rodapé do trabalho, currículo(s) mínimo(s) acadêmicos do(s) autor(es), em até cinco linhas, cada, incluindo os respectivos endereço(s) eletrônico(s).


Resumo
Inserir aqui o Resumo do trabalho, utilizando fonte Times New Roman, em corpo 12, com espaçamento simples entre as linhas. Mínimo de 400 e máximo de 900 (novecentos) toques (correspondentes ao mínimo de cinco e máximo de 10 linhas), num só parágrafo.


Palavras-chave
Inserir aqui as palavras-chave, em seqüência na mesma linha, podendo ter um mínimo de 3 (três) e o máximo de 5 (cinco) palavras-chave, separadas por ; (ponto e vírgula). Usar fonte Times New Roman em corpo 12.
Corpo do trabalho
Inserir aqui o texto do corpo do trabalho, usando exclusivamente a fonte Times New
Roman, em corpo 12, com espaçamento 1,5 entre as linhas, e margens justificadas (alinhadas à esquerda e à direita), com o máximo de 15 páginas, incluindo as referências
bibliográficas, tabelas e ilustrações. Para destaques, usar, apenas, o corpo itálico (grifo),
excluindo-se totalmente o sublinhado e palavras em caixa alta (a não ser em siglas que
não formem palavras, exemplo CNPq) e, nas referências bibliográficas, nos sobrenomes
dos autores. O negrito poderá ser usado, exclusivamente, para destacar os subtítulos ou
divisões do trabalho, sempre no mesmo corpo 12, em caixa alta e baixa.
As citações de mais de 3 linhas devem ser digitadas em corpo 11, com espaçamento simples entre as linhas e destacadas do texto por margem esquerda maior que a do parágrafo; as citações de até três linhas devem integrar o corpo do texto e ser assinaladas entre aspas.
1.Inserir as notas do texto [inclusive as do título e do(s) autor(es)] em fonte (tipo) Times New Roman (não usar sublinhado e usar itálico só para grafia de palavras estrangeiras), em corpo 9 (nove), com espaçamento simples entre as linhas. As notas devem ser colocadas no pé de página, em modo de impressão (devem ficar visíveis na página).


Referências bibliográficas
Inserir aqui as referências bibliográficas em fonte Times New Roman, em corpo 11 (onze), com espaçamento simples entre as linhas. As referências bibliográficas, no fim do trabalho, devem ter os dados completos e seguir as normas da ABNT para trabalhos científicos. Cada referência deve ocupar um parágrafo e devem estar separados por dois espaços simples.


 

antropologia y arqueologia


pucos


PIE DE PAGINA
Ciudad Virtual de Antropologia y Arqueologia es un emprendimiento del Equipo NAyA.
Ultima modificación de esta página 12/9/17

© Equipo NAyA / 1996-2017